segunda-feira, 4 de junho de 2018

☜♡☞...ESTAR SÓ...☜♡☞



Estar só é um aprendizado.

E nem sempre tem a ver com solidão.
Porque, ainda que esteja todo o tempo cercado por pessoas,
e por mais que goste dessas pessoas,
o homem às vezes sente vontade de estar só.

É quando estamos sós,
que podemos conversar com o nosso verdadeiro Eu.
Que podemos esmiuçar os nossos pensamentos,
sentir mais as nossas emoções, conhecer um pouco mais de nós.

É quando estamos sós, que melhor entendemos o que lemos;
que mais viajamos na música;
que mais atentamos aos aromas que sentimos e
aos detalhes de tudo ao nosso redor.

Precisamos estar sós,
para que possamos gozar da nossa própria companhia.
E, ainda que muitas vezes evitemos a nós mesmos,
isto não é algo que possamos fazer por todo o tempo.

Porque, como o navio precisa ter um ponto de partida,
para rumar a novo porto,
o homem precisa conhecer a si próprio e estar em paz consigo,
antes que se possa relacionar com os outros.

E esta é a razão do fracasso de muitos dos nossos relacionamentos.
Pois quem não conhece e não entende a si mesmo,
menos ainda conseguirá conhecer e entender aqueles que o cercam.

Aprendamos a limpar e arrumar a nossa casa,
e seremos capazes de fazer o mesmo em outras casas.
Precisamos conhecer nossos vales e nossas montanhas,
nossos rios e desertos.

Todos temos vales e montanhas, rios e desertos.
Todos temos nossas luzes e nossas sombras.
E, se não admitirmos que tudo isso existe em nós,
como toleraremos encontrá-los nos outros?

Estar só.
Este é o ponto de partida,
para que o homem possa conversar com sua própria alma.
Para expor os seus medos e a sua coragem,
os seus amores e desamores, suas certezas e dúvidas.

Estar só é o ponto de partida,
para que cada um possa fazer as suas perguntas e
procurar as suas respostas;
contestar os seus sentimentos, as suas ideias e crenças.
E ouvir o que diz o coração.

Estar só é o ponto de partida,
para que nos tornemos capazes de conviver.
Ninguém é capaz de desfrutar plenamente da companhia de alguém,
enquanto não desfruta de sua própria companhia.

Estar só é o aprendizado da companhia;
a semente de onde brotam os verdadeiros amores e
as verdadeiras amizades.
Não é sofrer com o isolamento,
mas aprender a estar consigo mesmo.

Não é a solidão, que devemos temer; mas a amargura.
Como não é a escuridão que nos assusta,
mas os perigos que pode conter;
e muitas vezes são apenas frutos da nossa imaginação.

Aprendamos a estar sós.
E nunca mais o estaremos.


__HASSAN__

☜♡☞...☜♡☞

☜♡☞...☜♡☞

Nenhum comentário:

Postar um comentário